Skip to main content

EXÉRCITO ARGENTINO TERÁ COTA PARA TRAVESTIS E TRANS

O presidente da Argentina, o peronista Alberto Fernández, assinou decreto, em setembro, determinando que o exército do seu país – assim como outras instituições do Estado – cumpra uma cota de incorporação de 1% de seu efetivo com pessoas travestis, transexuais e transgêneros. Em off, integrantes das Forças Armadas Argentinas demonstraram constrangimento e inconformismo com […]

Leia Mais