Skip to main content

OPERAÇÃO APREENDE UMA TONELADA DE COCAÍNA PURA QUE IRIA À EUROPA

Uma operação conjunta envolvendo agentes da Receita Federal, da Polícia Federal e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), tropa de elite da Polícia Civil resultou na apreensão de quase uma tonelada de cocaína pura no Porto do Rio, ontem (06).

A droga estava escondida em bolsas carregadas com minério de ferro e seguiria hoje (07) para o Porto de Antuérpia, na Bélgica. A droga estava em contêineres e acondicionada em tabletes no interior de diversas “bags industriais”, normalmente utilizadas em cargas de minério de ferro, que são exportadas para o exterior.

De acordo com a Receita Federal, que já tinha sido avisada que em julho e outubro deste ano, dois carregamentos com esse mesmo tipo de droga saíram do Porto do Rio e foram apreendidos no destino final na Europa.

Os agentes federais desses países alertaram à Alfândega do Rio que ficou atenta a outra remessa desse tipo. A carga foi contratada por uma empresa de mineração de Minas Gerais que trouxe o carregamento em carretas e acondicionadas em contêineres para seguir de navio para a Europa. 

A substância encontrada foi submetida ao laudo pericial criminal preliminar e o resultado do teste foi positivo para cocaína. De acordo com a Receita Federal “essa foi uma das maiores apreensões de cocaína no Porto do Rio”.

O entorpecente apreendido será encaminhado à Superintendência da Polícia Federal no Rio onde será realizada a pesagem definitiva da carga e ficará à disposição da Justiça Federal. A Polícia Federal dará prosseguimento às investigações para localizar os donos da carga.

A GENTE QUER TE OUVIR. SIGA-NOS EM NOSSAS REDES SOCIAIS

Instagram https://www.instagram.com/obsmilitarbr/

Facebook http://www.facebook.com/observatoriomilitardobrasil/

Twitter https://twitter.com/obsolinda

Youtube https://www.youtube.com/channel/UCRiaMDDQmUXI-YJqzkl1VWw?view_as=subscriber

Fonte: Agência Brasil

One thought to “OPERAÇÃO APREENDE UMA TONELADA DE COCAÍNA PURA QUE IRIA À EUROPA”

  1. Estocar drogas é muito arriscado. A legislação poderia ser aperfeiçoada para que, ao apreender a droga o agente apreensor fizesse a prova e contraprova química e à prova fotográfica e filmada da apreensão e levasse a droga para imediata incineração, onde o agente incinerador repetiria as provas das quais faria o laudo.
    O agente apreensor entregaria a documentação e as provas produzidas juntamente com o relatório ao delegado para produzir o inquérito e anexar tudo para o processo judicial.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: