Skip to main content

OS HERÓIS ESQUECIDOS DA FEB – O BRASIL PRECISA MUDAR ESTA HISTÓRIA

A grande maioria dos 25 mil soldados brasileiros que lutaram na Itália contra o nazi-fascismo durante a 2ª Guerra Mundial já partiu para a “Glória Eterna”. Hoje, 75 anos depois do fim do conflito, o Brasil ainda não deu a devida relevância que os chamados “pracinhas” merecem.

Seus feitos em solo europeu não são conhecidos da população em geral. E o reconhecimento se limita ao ambiente interno das solenidades militares no interior dos quartéis.

Filmes praticamente não existem. O mais novo, de 2017, é A Estrada 47. Uma boa história, mas quem conhece a fundo a trajetória da Força Expedicionária Brasileira (FEB) sabe que inúmeros outros roteiros poderiam já ter sido produzidos.

DOCUMENTÁRIOS – Em um esforço pessoal, alguns autores produziram documentários – de baixo orçamento e consequentemente qualidade precária – cujo maior mérito é não deixar um registro para que a história simplesmente não desapareça.

Uma boa opção disponível no Youtube, é o filme produzido pelo baterista do grupo Paralamas do Sucesso, João Barone, cujo pai foi soldado da FEB e combateu no Teatro de Operações, na Itália. Ele refez a rota dos “pracinhas” na Europa e resultou no documentário “O Caminho dos Heróis”.

O músico tornou-se um especialista no tema e é autor dos livros “1942 – O Brasil e Sua Guerra Quase Desconhecida” e “A Minha Segunda Guerra”. Veja abaixo o filme completo no Youtube. E compartilhe esta matéria.

Foto de capa: Pedro Tinôco, setembro de 2014, Desfile comemorativo aos 70 anos da FEB na 2ª Guerra Mundial, Recife (PE).

SIGA-NOS EM NOSSAS REDES SOCIAIS

Instagram https://www.instagram.com/obsmilitarbr/

Facebook http://www.facebook.com/observatoriomilitardobrasil/

Twitter https://twitter.com/obsolinda

Youtube https://www.youtube.com/channel/UCRiaMDDQmUXI-YJqzkl1VWw?view_as=subscriber

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: